Dicas de Netbeans com PHP

Ultimamente, venho estudando mais PHP e OOP. Por necessidade, encontrei algumas dicas de como facilitar a minha vida com a OOP do PHP.

Por exemplo, aprendi que você consegue ter uma leve “tipagem” de parâmetros de uma função! Isso já ajuda bastante.

Também aprendi como fazer o autocomplete do Netbeans te ajudar um pouco mais, usando o PHPDoc.

Embarque nessa viagem clicando aqui!

Classe de Conexão PHP

Conforme prometido, download da classe PHP que faz conexão ao banco de dados.

Fizemos esse “wrapper” usando o PhpDataObjects. Por quê? Simplesmente porque ele permite prepared statements que permitem consultas mais seguras e “limpas” no banco de dados.

Ao invés de fazermos:

<?php
$SQL = "SELECT * FROM TABLE WHERE NAME LIKE '$nome'"
?>

Faremos:

<?php
$SQL = "SELECT * FROM TABLE WHERE NAME LIKE :nome"
?>

Fica mais seguro e até melhor organizado, na minha opinião. Caso deseje utilizar, precisa ativar a extensão a PDO na instalação que vocês utilizam. Geralmente, é editar o PHP.INI para descomentar a seguinte linha:

;extension=php_pdo_mysql.dll

Modifique para

extension=php_pdo_mysql.dll

E pronto. Ou quase. Também é necessário modificar as seguintes linhas:

    private static $servidor = "localhost";
    private static $usuario = "root";
    private static $password = "";
    private static $database = "agendavirtual";

Modifique para seus dados reais.

Segue o download de um arquivo usage, com alguns exemplos. Também a base de dados que utilizei para brincar. Lembre-se de corrigir os dados de conexão!

Para nós foi útil durante o projeto. Esperamos que seja para você tambem!

Qualquer coisa, bata deixar um comentário.

Zend Server Community

Fala galera!

Ainda continuo enrolado com o Clicpira. O Xhtml saiu e já estamos em processo de finalização da programação. Foi um aprendizado muito bom, mexi bastante com o Jquery e até com Ajax, este último bem de leve. Porém foi o bastante pra me fazer ver que não é um bixo de sete cabeças e já estou caçando material de estudo :D

Mas este post é basicamente para falar dos WAMP‘s da vida. O que é WAMP? Citando o link, da wikipédia:

  • Windows
  • Apache
  • MySQL
  • PHP – Perl – Python

Basicamente, uma maneira fácil para você poder programar em PHP sem precisar de preocupar com a instalação dos componentes Apache, Mysql e PHP (o windows você ainda precisa baixar o cd pirat.. digo, adquirir a licença original).

É claro que fazer a instalação manualmente de todos os componentes é importante, mas é um processo mais demorado e que requer alguma paciência. Fiz uma vez, quando comecei a usar o mysqli, buscando segurança contra sql injection.

Valeu a pena? Foi uma experiência legal, mas chata ao mesmo tempo. É bom ter um tutorial nos seus favoritos, “just in case”…

(Fica meu linkzinho básico de instalação de php, apache, mysql e de bônus phpmyadmin.)

Só que quando fui pegar pra mexer no Clicpira de novo, não tava com a mínima vontade de passar por toda aquela provação de novo. Com certeza pegaria um WAMP.

Sem querer, enquanto baixava o PDT (IDE para PHP) descobri o Zend Server Community. Ele possuias mesmas características de um WAMP, vem com apache, mysql e php, todos bem atualizados.

É da Zend, deve ser bom! Estou usando ele e não tive problemas de incompatibilidade com extensões e o phpmyadmin não gera mensagens de erros (falta de extensões e etc) como já me ocorreu em alguns wamps.

Vale a pena dar uma olhada, já que possui até forum de suporte (em inglês).

Cya!