dot net é muito fácil?

Tirei essa madrugada para “filosofar” e tentar relaxar a mente, que está a mais de mil por hora devido ao trabalho e a faculdade. As coisas estão começando a ficar insanamente difíceis de todos os lados, mas acredito que é mais uma fase de adaptação em minha vida.

Em meio aos pensamentos, entrei no twitter pra ver os devaneios da galera. Brinco aqui, brinco ali, jogo CODE na busca e os links começam a surgir.

Inclusive esse aqui, pra você continuar lendo o post.

Anúncios

Linguagem C: Bibliotecas próprias

Fala galera!

Neste artigo de hoje, quero abordar um tópico já “rodado”: Funções e Procedimentos. Mas dessa vez, para criar suas próprias bibliotecas.

Quando aprendemos a programar, primeiro nos ensinam a criar um programinha gigantesco, indo da forma estruturada mais mal estruturada possível: De cima pra baixo, esquerda pra direita até o return 0.

Agora você clica aqui e continua lendo.

C# e ASP.NET: Voltando ao web development

… E também faço faculdade nas horas vagas.

Por um tempinho usei java e tentei aprender OOP, mas foi muito por cima. Agora vou firme com C# para desenvolvimento Web.

Como eu esperava, fazer coisas bem feitas para a internet é bem mais difícil do que fazer aplicações desktop. Mas tudo bem, com a prática a gente consegue!

Neste “post-fofoca”, deixo alguns links interessantes que estou estudando no momento.

Fora isso, recomendo “Use a cabeça: C#” e seja feliz.

Abraços, até a próxima!

Bug secreto na busca binária

“Busca binária é um algoritmo notoriamente difícil de programar corretamente. Somente dezessete anos depois da invenção do algoritmo a primeira versão correta do programa foi publicada!”

Fonte.

Começo com essa citação pois fiquei assustado ao tomar conhecimento dela. Dezessete anos, para a computação isso é muito tempo para algo ficar “funcionando errado”. Não imagino que as funções tivessem erros óbvios. Provavelmente funcionavam com uma quantidade N de números em Y condições, mas em algum momento (talvez raro) quebrassem.

Vai dar merda, capitão… Clique e leia mais!

Fila Circular

Num determinado ponto de nossas vidas, precisamos enfrentar as filas. Seja de banco, seja da merenda ou pra pegar o buzão com destino à pqp.

Talvez você faça algo na área de informática e precise enfrentar a Estrutura de Dados! Dai você vai ser o dono da fila.

Como projeto de algoritmos e programação II, fizemos um trabalho sobre filas. Detalhe que não tivemos aulas de estrutura de dados nem nada específico. Depois falam que facul particular é só coisa mastigada.

Apresentaremos hoje. Sinto-me confiante, mas nervoso por ter de explicar 200 linhas de código fonte.

Link para o trabalho: Scribd Rox

Link para baixar o fonte: Easy Share na veia

Kisses and hugs ;)

Cya

Linguagem C: Matrizes, parte 2

Pedrinho tem duas maçãs

e Joãozinho duas matrizes. Coitado do Joãozinho.

Algumas operações entre matrizes

No artigo anterior sobre matrizes, vimos como declarar, preencher in code, via input do usuário e como mostrar na tela. De quebra vimos que passamos matrizes por referência numa função, com a função sãoTomé.

O objetivo deste é realizar operações entre as duas matrizes.

Saca só o esquema!

Linguagem C: Matrizes, parte 1

A união faz a força

e as matrizes.

Quando utilizamos vetores, não existe muita confusão. É uma linha com N espaços para determinados valores. Claro, podemos perder uns bons minutos pensando em algoritmos eficazes para ordenação, busca e outros.

vetor

Mas e quando jogamos um vetor em cima do outro, colamos e dizemos que é uma coisa só?

Clique para continuar lendo…