A Torre Negra: O Pistoleiro

pistoleiro

Recentemente, comprei a coleção completa da Torre Negra no Submarino e comecei minha viagem junto com Roland, o pistoleiro, em busca de nossa Torre Negra.

Apesar de minha capacidade limitada de interpretação de textos, foi uma leitura agradável, fluída, sem distrações e com vontade de ler mais e mais a cada parágrafo. Fiquei preso ao texto e quando parava de ler, ficava pensando “o que acontecerá com Roland mais a frente?”.

Em minha opinião, o livro equilibrou muito bem aventura, descrição de cenários, construção de personagens e seus relacionamentos. Ao final de “O Pistoleiro” ocorreu um fato que me deixou bem chateado com a história, mas isso é um fato pessoal, algo que com certeza vai incomodar quem está acostumado com finais felizes.

Todos os personagens apresentados na história são explorados, uns mais, outros menos, mas sempre com um início, meio e fim (não de forma linear, pois o livro vai e volta no tempo para contar alguns pedaços da história).

Recomendo a leitura! É uma escrita muito superior e complexa ao que eu estava acostumado, mas fica muito longe de ser chato.

Agora com licença, quero ler A Escolha dos Três.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s